WWA - Web Winner Agency | Email da WWA info@wwinagency.com | Telemóvel da WWA 964 160 430

Os sete pecados mortais que as empresas de sites devem evitar

Publicado em

telemóveis

Mobilidade é cada vez mais importante

Apesar de toda a informação e divulgação constante na Internet, há muitos websites que ainda não cumprem com as melhores práticas para angariar mais visitas e conversões. O Huffington Post destacou sete pecados mortais que os websites cometem e que são uma via aberta para o fracasso. Trata-se de sete opções que as empresas de sites devem aconselhar os seus clientes a não tomar. Senão, veja…

O que as empresas de sites nunca devem aconselhar aos seus clientes

 

1.      Não fui convidado a entrar

A homepage de um website é como a porta de entrada. Ora, como na nossa casa, se não convidarmos as visitas a entrar, elas vão ficar à porta. Com os clientes passa-se o mesmo. É importante que as empresas de sites aconselhem os seus clientes a criar links da homepage para o conteúdo nas páginas interiores. Os «sliders» normalmente cometem este pecado, pois podem ter imagens extremamente apelativas e um copy cativante, mas se não tiverem um botão com um call-to-action, os clientes não vão entrar em contacto.

 

2.      O seu site não utiliza a minha linguagem

A linguagem utilizada num website tem de ser adequada ao seu público-alvo. O objectivo de qualquer website é resolver um problema, mas cada público tem a sua percepção do seu problema. Deve utilizar jargão industrial ou linguagem cuidada? A resposta está no seu público-alvo. Pode utilizar termos elegantes, mas não conseguir comunicar com a sua audiência.

 

3.      Faz-me ler demasiado

tablet

Websites responsivos são obrigatórios

Os conteúdos para a web são diferentes e as empresas de sites sabem disso. Não espere que os visitantes leiam, porque quem visita websites não lê propriamente. Em vez disso, «scana». Caso encontre algo do seu interesse, aí sim, começa a ler. Utilize links, tabelas, imagens, pontos e subtítulos para tornar o texto mais curto e menos maçudo. Sempre que possível, recorra também a vídeos e gráficos.

Não quebre as expectativas dos clientes nem lhes obrigue a algo que não pediram

 

4.      Quebrou as minhas expectativas

Um dos maiores pecados que qualquer site pode cometer é fazer o utilizador pensar. Evite colocar os menus de navegação em locais pouco habituais ou mudar os layouts de uma página para outra. As empresas de sites sabem que é importante ser criativo, mas é preciso cumprir normas que façam o utilizador sentir-se confortável.

5.      Não encontro o que procuro

Teste a navegabilidade do seu website antes de o colocar online. Peça a outras pessoas para pesquisarem algo ou procurarem informação. Dê-lhes tarefas específicas e cronometre o tempo que demoraram a fazê-las. Não se esqueça de colocar uma caixa de pesquisa na homepage.

 

6.      Não consigo contactar a sua empresa

Estou no seu site e não sei como contatar a sua empresa. Li o seu conteúdo e adoro-o. Quero ser seu cliente! E agora? Como o contacto ou contrato? Ligo-lhe, envio um e-mail, preencho um formulário? E que tal: «Ligue já para resolvermos o seu problema»?

 

7.      Som

Certamente já chegou a um qualquer website e deparou com uma música de fundo a tocar. Evite criar situações que os clientes não solicitaram. Não coloque no seu website vídeos ou áudios a tocar automaticamente.

Gostou do conteúdo? Então é altura do call-to-action: contacte a nossa empresa de sites e marketing digital e agende uma reunião

 

Tags: , ,



Quem leu este artigo também leu

Como funcionam as estratégias de marketing?

Estratégias de marketing
Saber Mais
O que é e para que serve o web analytics?

web analytics
Saber Mais
Criar site: o primeiro passo no mundo digital

Saber Mais
Precisa de ajuda? Fale já connosco!

Lamentamos mas de momento não estamos online. Deixe-nos uma mensagem e assim que possível entraremos em contacto consigo.

Prima ENTER para enviar mensagem