WWA - Web Winner Agency | Email da WWA info@wwinagency.com | Telemóvel da WWA 964 160 430

Facebook lança anúncios de vídeo para concorrer com Google

Publicado em

facebook

O Facebook começou a vender anúncios de vídeo em nome de outras empresas, uma iniciativa que promete ser lucrativa e visa intensificar a concorrência com o Google e outros especialistas em publicidade online, divulgou o Wall Street Journal. A empresa anunciou que esta medida vai ajudar os marketeers a vender e colocar anúncios de vídeo em websites e aplicações terceiras, incluindo as de vários grupos de media norte-americanos.

Tipicamente, o Facebook arrecada 30% das receitas, deixando o resto para os anunciantes. De acordo com aquele jornal norte-americano, vai ser possível optar por incluir os anúncios de vídeo nos Facebook Instant Articles, onde as empresas de Media publicam artigos em vez de linkarem para os seus websites.

Facebook quer abarcar mercado predisposto a investir

Os media digitais estão a apostar fortemente em vídeos online, atraídos pelos preços elevados que os marketeers estão preparados para pagar pelos anúncios de vídeo, quando comparado com outros formatos de publicidade online. O Facebook espera assim ajudar as empresas a retirar o máximo rendimento daquele tipo de conteúdo.

Se contarem com a adesão dos anunciantes e das empresas de media, os novos anúncios de vídeo podem ajudar o Facebook a concorrer com o Google e com outras empresas de tecnologia que já dispõem desta funcionalidade.

Muitos websites já têm vários pontos de contato com o Facebook, uma vez que se baseiam naquela rede social para gerar tráfego para os seus websites e muitos deles colocam conteúdos no Instant Articles.

Anúncios poderão ter até 20 minutos de duração

Muito do enfoque do Facebook centra-se na sua plataforma, nos «feeds» de notícias, que lhe dão o controlo sobre o conteúdo que aparece em frente aos ecrãs dos utilizadores e que se tornou num motor para a publicidade online.

O vídeo pode agora aumentar as receitas ainda mais, aproveitando a disponibilidade financeira dos marketeers para esse formato. Por seu turno, os marketeers poderão segmentar os anúncios de vídeo com o fazem no próprio Facebook, utilizando a informação detalhada que esta rede social tem sobre os seus utilizadores.

Os anunciantes poderão direcionar os seus anúncios de vídeo baseados na audiência que estão a tentar alcançar e poderão optar por pagar apenas quando os vídeos forem visualizados durante, pelo menos, 10 segundos. Refira-se que os anúncios poderão ter até 20 minutos de duração.

Para saber mais sobre os anúncios do Facebook, contacte-nos.

Tags: , ,



Quem leu este artigo também leu

3 Motivos para ter um site responsive

site responsive
Saber Mais
As principais métricas de redes sociais que deve conhecer

redes sociais
Saber Mais
Novas Atualizações no Feed de Notícias do Facebook

Atualizações no Feed de Notícias do Facebook
Saber Mais
Precisa de ajuda? Fale já connosco!

Lamentamos mas de momento não estamos online. Deixe-nos uma mensagem e assim que possível entraremos em contacto consigo.

Prima ENTER para enviar mensagem